Estratégias de Sucesso de Como Estudar Para o ENEM

Habilidades exigidas pelo ENEM

como estudar para enem sozinho Os jovens de hoje fazem parte de uma geração que já nasceu em meio às  facilidades da tecnologia; nem conseguem imaginar como era a vida sem a  pesquisa do Google ou sem o celular ligado 24 horas por dia.

 Essas facilidades trazem uma consequência: o imediatismo.

 As questões do ENEM trazem textos longos que devem ser lidos  com muita atenção. Porém, o jovem de hoje não está habituado a focar  sua atenção em apenas uma atividade por tempo suficiente para ler uma  questão inteira.

O atributo realmente indispensável a desenvolver para ficar bem colocado no ENEM é a capacidade de concentrar toda a sua atenção em apenas uma coisa por um período longo de tempo, ou seja, exatamente o contrário do que os jovens treinam.

Dicas infalíveis sobre como estudar para o ENEM

Treine sua concentração

Você pode até ser capaz de fazer várias coisas ao mesmo tempo, mas pode ter certeza de que não fará nenhuma delas tão bem quanto se fizesse uma de cada vez.

Uma excelente dica sobre como estudar para o ENEM é aumentar seu grau de concentração através da leitura.

Faça o seguinte treino:

-escolha um texto curto;

-leia-o todo de uma só vez;

-escreva um breve resumo do que leu com o máximo de detalhes que conseguir lembrar (sem consultar o texto), você pode fazer isso em forma de tópicos, se for mais fácil para você;

-releia o texto e confira que informações você acertou e quais esqueceu.

Essa atividade deve ser feita uma vez ao dia e sem pausas, afinal, você está treinando sua capacidade de se concentrar em uma única coisa de cada vez por tempo suficiente para ler, interpretar, compreender e lembrar. Evolua para textos cada vez maiores.

Você pode usar esta estratégia para estudar história, por exemplo.

Saiba quando descansar

Há alunos que estudam exaustivamente horas seguidas e não conseguem resultados tão bons quanto outros que estudam menos e se divertem mais. Isso porque nosso cérebro precisa de descanso. Se você se propuser a estudar muitas horas por dia, faça pausas de pelo trinta minutos a cada duas horas.

Pesquisas já mostraram que o conteúdo estudado nas duas primeiras horas é realmente apreendido; passado esse tempo, o cérebro tem um rendimento menor. Você já reparou que depois de estudar por certo tempo, começa a errar até as continhas mais bestas? É o cansaço.

Não lute contra o cansaço, ele vai ganhar. Descansos regulares e uma boa noite de sono são segredos essenciais.

Recorrer ao café ou aos energéticos traz a falsa sensação de que “o sono passou”, mas aquele cansaço que faz errar as continhas bestas não tem outra solução senão o real descanso.

Seguindo estas técnicas, você irá aprender melhor e mais rápido. Descubra o segredo do primeiros colocados das Universidade Federais e todas as outras subordinadas ao MEC.


Saiba como Fazer simulado